Que tipo de criança você é?

Sim, porque você já foi criança, lembra? Não me diga que você esqueceu, que você mudou tanto a ponto de não preservar nada da sua infância.

Porque isso seria muito triste.

Temos um passado, uma história e lembranças responsáveis pelo que nos tornamos. E certamente alguma coisa boa suficiente para guardar pra sempre.

sem-titulo-3-2

Durante essa semana eu perguntei da fanpage, e no meu twitter:

“O que você preservou da sua infância, na sua vida?”

Recebi respostas sobre alguns gostos, hobbies e comportamentos. E mensagens privadas de pessoas agradecendo pela reflexão. E não pensem que esse foi um pensamento fácil por aqui também.

Eu confesso que não sei definir o que exatamente eu preservei… Mas duas coisas, tenho plena convicção.

Meus sonhos, e a vontade de ter um irmão.

Alguns de meus sonhos mudaram. Mas me lembro de gostar muito de livros… e sonhar em escrever. Já me realizo escrevendo aqui no blog, e já comecei a escrever meu livro. Eu confio que estou cada vez mais perto de realizar esse sonho. Assim como outros sonhos que eu ainda guardo aqui.

Sobre ter um irmão. Eu fui a primeira filha, primeira neta (de ambos lados), consequentemente… primeira sobrinha, e a criança da família toda, por pelo menos quatro anos (Depois nasceu minha prima Ju), e algum tempo depois ela ganhou uma irmã (A Cami). Logo, eu também queria uma companhia, hehe. Com 7 anos eu comecei a pedir para os meus pais. E depois de tanta insistência…  Com 8 anos ganhei o Lucas de presente pra vida.

sem-titulo-2-3

Se tem algo que foi preservado da minha infância… é meu amor por ele. Aliás, que só aumenta.

Uma amiga, uma vez, comentou como é bonita nossa relação, que nem todos os irmãos se dão tão bem assim como nós. E falou sobre o meu cuidado e preocupação com ele ser tão maternal (Atribuindo isso à falta que nossa mãe nos faz) No entanto, hoje estava olhando essas fotos…

Não, isso não aconteceu depois do falecimento da nossa mãe. Acredito que eu já tinha combinado com ele antes de vir para esse mundo, porque eu quis tanto, fiquei tão feliz com a notícia da gravidez, escolhi o nome, e várias vezes ficava brincando de ser a massagista da mãe, passando creme na barriga, nas pernas…

Enfim, o que eu tenho de mais valioso da minha infância… Com certeza é essa parceria com ele. Obrigada mãe, obrigada pai.

E vocês, me contem… Quais são sua melhores memórias?

BrunaScremin

Anúncios

3 comentários

  1. Qu texto fofo!
    Eu não lembro de ter um pedido de irmão… acho que cheguei a pedir sim, mas meus pais sempre deixaram claro que não ia rolar hahahah
    e ai eu acabei tendo aqueles desejos de criança normal mesmo, o brinquedo do natal, etc hahaha

    Curtir

  2. que amor de texto. que declaração linda.
    Também pedi muito por um irmão, e a diferença de idade nossa é bem parecida com a sua. Sou 6 anos mais velha.
    Infelizmente, não temos uma relação muito boa, e sinto muito por isso.
    Admiro muito a parceria de vcs dois, e desejo que esse amor continue para sempre!
    Como é bom ver que ainda vale a pena prezar pelos irmãos! ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s